Recife, a degradação de um centro

Como morador de Recife, venho constatando a degradação da cidade, em especial do centro da cidade. Nos últimos anos, com a expansão dos centros comerciais na zona sul, em especial Boa Viagem, o centro do Recife está em franco declínio.

Excetuando algumas áreas de raro progresso como a Av. Conde da Boa Vista (a partir da Rua José de Alencar), o que vemos é um centro inseguro, degradado e sem atrativos. De nada adiantaram as recentes mudanças no sistema viário no centro do Recife. Os constantes engarrafamentos só aumentaram, deslocando os mais abastados e os que tem alguma condição favorecida de deslocamento para Boa Viagem.

Recife, por Fábio Santos

Para resumir um pouco o que estou falando vou citar duas regiões no centro do Recife: a Av. Guararapes e o Recife Antigo. A primeira região só recentemente recebeu 2 faculdades, mas ainda tem prédios abandonados.

Estes apartamentos, se incentivados poderia se tornar prósperos centros comerciais, com serviços e escritórios. O Recife Antigo é um caso à parte, mas somente pelo patrimônio cultural existente, é um acinte que aquele bairro não consiga ser viável em termos turísticos.

Assim, chegando ao fim de mais um ano, vejo que as coisas não mudam, com o centro cada vez mais abandonado. Falta certamente vontade política e uma mente mais aberta dos empreendedores, para uma mina de ouro, uma cidade que tem vocação para comércio e serviços, a Veneza brasileira. Mas eles preferem projetos megalomaníacos como o Parque Dona Lindu…

[secvitrine/autocad/16113]

Gostou? Compartilhe!

4 Comentários
  1. 29/12/2008
  2. 29/12/2008
  3. 29/12/2008
  4. 05/11/2009

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *