Minha batalha contra a Benq-Siemens

Espero que alguém da Benq-Siemens leia este post e resolva o problema, pois não aguento mais andar a solucionar este problema.

Comprei um celular Benq-Siemens C75 em agosto de 2006, pensando ser confiável. Usei o aparelho durante 4 meses e logo começou a apresentar o primeiro defeito (pane na placa).

Levei o aparelho a uma autorizada em Recife para reparo. Após 3 meses na assistência, voltou para mim funcionando normalmente. Ledo engano, pois 3 semanas depois, voltou a apresentar o mesmo defeito.

Recomendaram o envio a São Paulo, e assim procedi. Se passaram mais 4 meses, até que o mesmo chegou. Quando abri a caixa, e liguei o celular… voltou a apresentar o mesmo defeito! Liguei para Benq-Siemens, e eles recomendaram o reenvio.

Benq-Siemens

C75, um lixo de celular

Já fazem 3 meses que enviei. Sempre que ligo para o atendimento e eles dizem que estão enviando e nunca chega.

Há um mês, liguei para lá novamente e me propuseram o seguinte: o velho celular, com 6 meses de garantia ou um novo, sem nenhuma garantia! Optei por receber o mesmo aparelho. Já faz 1 mês e nada de receber o celular.

Benq-Siemens, um lixo de empresa

Já fui a juizados e procons e nada de resolver o problema. As três vezes, o mesmo defeito: pane na placa-mãe do celular. Meu último passo será um processo por danos morais pois tenho tudo documentado.

Não quero mais o mesmo aparelho. Preciso de um novo! Com um suporte tão ruim, é bem provável que a Benq-Siemens naufrague  no Brasil. Afinal, produto e empresas ruins, só no lixo!

Gostou? Compartilhe!

20 Comentários
  1. 24/11/2007
  2. 24/11/2007
  3. 25/11/2007
  4. 03/01/2008
  5. 12/01/2008
  6. 13/01/2008
  7. 16/01/2008
  8. 18/01/2008
  9. 17/02/2008
  10. 17/02/2008
  11. 13/05/2008
  12. 13/05/2008
  13. 14/05/2008
  14. 14/05/2008
  15. 17/05/2008
  16. 08/10/2008
  17. 08/10/2008
  18. 24/03/2009
  19. 24/03/2009
  20. 27/04/2009

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *