Ferrari apresenta carro ecológico

Enquanto ecologistas e as autoridades européias aumentam a pressão sobre o uso do etanol, as mais diversas montadoras continuam apresentando seus carros movidos a álcool.

Nesta semana, a vez foi da Ferrari, conhecida não exatamente por sua preocupação pelo meio ambiente, mas sim pela força dos motores e um sinônimo de velocidade e luxo.

A empresa está se comprometendo a reduzir em 40% as emissões dos escapamentos de seus carros míticos até 2012. Uma das formas de conseguir isso, segundo a empresa, seria por meio do etanol.

O modelo escolhido pela Ferrari para inaugurar seu motor alimentado pelo biocombustível foi o F430 Spider. A empresa, que apresentou o carro no Salão de Detroit nesta semana, garante que ele emitirá 5% a menos de CO2 e que, ainda assim, sua potência aumentará em 10%. Outros modelos também serão vendidos ainda neste ano com motores a etanol.

Na Itália, a Ferrari anunciou que as vendas de seus modelos aumentaram em 14% em 2007. No total, 6,4 mil carros foram vendidos nos últimos doze meses. A pressão sobre o uso do álcool combustível na Europa, porém, está subindo.

Ontem a União Européia (UE) anunciou que poderá rever a meta de ter 10% de seus carros movidos a etanol até 2020. Trata-se da primeira grande virada contra o etanol por parte da UE desde que a euforia sobre o combustível começou há dois anos no continente.

Via: G1

Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *