Descubra sites censurados na China

Sites censurados na China são um dos trunfos do governo comunista. Ao longo de décadas, milhões de páginas tem sido bloqueadas, por serem considerados ameaças a integridade do regime.

Endereços que possuem conteúdos que diferem da orientação governamental chinesa, podem ser alvos do filtro facilmente. Assim, bilhões de pessoas tem acesso restringido.

Uma ferramenta online auxilia a encontrar sites censurados pelos burocratas de Pequim. Numa clara alusão a grande e milenar muralha chinesa, o Great Firewall of China, permite saber se determinado endereço pode ser acessado.

sites censurados na China

O utilitário faz a busca a partir de servidores em diferentes províncias. Retorna com o resultado em alguns segundos. Se apresenta ícone verde, está plenamente acessível. Caso contrário, está bloqueado.

Great Firewall of China é apenas mais uma constatação clara acerca de como dever ser a internet naquele país. Uma rede restrita, fortemente vigiada e que deve obrigatoriamente concordar com o pensamento vigente.

Sites censurados na China

O controverso bloqueio de sites na China, decorre de motivos políticos ou de opinião. Faz parte da estratégia do regime, manter o acesso limitado a internet. Assim, sites e serviços populares no ocidente, como Facebook, Twitter, Google e YouTube, tem acesso limitado.

A liberdade e autonomia da internet são seriamente atingidas, com  sites censurados na China. Afinal, ter mais de 1 bilhão de pessoas privadas desse acesso, depõe contra a universalidade e interconexão entre os usuários. Frustra oportunidades de negócios, que poderiam ser mais fáceis e objetivos.

Em certa medida, há sites e serviços substitutos, que cumprem seus propósitos. Isto levando em conta os preceitos da ideologia comunista, praticada atualmente na China. Internet livre e aberta, é uma séria ameaça ao regime de Pequim.

A despeito da economia que nunca para de crescer, não deve ser fácil entender a censura. Afinal talvez não seja papel de um governo, decidir o que você pode ver através da web, 365 dias por ano.

Confira endereços que são bloqueados para acesso ao público chinês, basta efetuar a busca.

Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *