China fechou 44 mil sites em 2007

Ao todo, o governo fechou 44 mil sites e prendeu 868 pessoas relacionadas a mais de 520 casos de contravenção pornográfica, que foram investigados no ano passado, informou nesta quarta-feira a agência de notícias estatal Xinhua. Outras cerca de 1.900 pessoas envolvidas em mais de 1.600 “atividades pornográficas” na rede foram penalizadas.

Na ação, foram apagadas cerca de 440 mil mensagens com conteúdo explícito publicadas na internet. Para operar no país, os sites com conteúdo adulto precisam se registrar junto ao governo a fim de ganhar permissão para operar. No ano passado, cerca de 199 mil sites obtiveram a autorização de funcionamento, enquanto 14 mil foram proibidos de operar.

Segundo a Xinhua, as páginas pornográficas hospedadas em sites estrangeiros são a “fonte” da pornografia, enquanto a China tem se mostrado um “solo” fértil para o atual crescimento no número de sites desse tipo. A campanha deverá continuar até setembro, um mês depois das Olimpíadas, e as autoridades buscarão a partir de agora concentrar esforços nos contraventores que ganham dinheiro divulgando o sexo explícito.

As autoridades deverão coibir “aqueles que obtiverem lucro espalhando mensagens pornô através da Internet e telefones celulares”. O governo também prometeu ficar de olho em “usuários da rede, organizadores de performances on-line, hospedeiros de sites no exterior e clientes de prostituição ”, avisou a Xinhua.

Via: BBC Brasil

Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *